colinafm

colinafm

A população do planeta Terra tende a crescer cada vez mais ano a ano, o que não é uma grande novidade. Mas e como fica a capacidade de prover recursos para a vida de quem o habita? A continuidade da espécie humana e a preservação do meio ambiente têm como fator inerente a necessidade de economizar e reaproveitar aquilo que ainda está disponível globalmente. Diante desse cenário, um conceito cada vez mais ouvido será grande aliado nesse processo de “sobrevivência”: a economia circular. O Cruzeiro do Sul conversou com o engenheiro civil e técnico ambiental Luiz Fernando Furtado para esclarecer pontos do assunto.

A economia circular, basicamente, é o reaproveitamento de recursos, sejam eles naturais ou não. O conceito é a antítese da economia linear, iniciada desde a Revolução Industrial, quando a dinâmica é o descarte de materiais e produtos após a utilização. “Diante de inúmeras evidências e fatos que sinalizam a escassez por recursos, a economia circular vem ganhando seu espaço. Hoje vemos uma maior quantidade de empresas, startups e empreendedores inovando e tentando viabilizar negócios e produtos envolvendo o conceito de circularidade”, cita Furtado.

Luiz Fernando Furtado. Foto: Divulgação

Segundo o especialista, que trabalha na da empresa sorocabana Élogi Soluções Ambientais Integradas, um dos exemplos de economia circular passa pela atitude de algumas indústrias de eletrônicos que oferecem desconto na compra de produtos em caso de entrega do equipamento antigo. Neste caso, o que aparenta ser obsoleto para o consumidor, torna-se importante na produção de novos itens. Ele ainda lembra de outra possibilidade. “Na área da construção civil, arquitetos e designers de interiores estão inserindo em seus projetos materiais que antes teriam como destino final os aterros sanitários ou lixões, e recebem agora uma nova importância, servindo como peças de decoração, algumas sendo valorizadas justamente por seu reaproveitamento e criatividade do profissional.”

Esse conceito contemporâneo é mais substancial em iniciativas de empresas e poder público graças à dimensão que alcançam. Cidadãos comuns, no entanto, também podem fazer a própria parte. “A nova geração já está presenciando fatos sem precedentes, como a crise hídrica, mudanças no clima e doenças tropicais causadas por desequilíbrio ecológico. A facilidade e velocidade com que as pessoas têm recebido informações influencia nas atitudes e posicionamentos em relação à sustentabilidade”, argumenta.

Plástico

O plástico é uma grande preocupação ao meio ambiente se não houver redução no consumo e reaproveitamento. Levantamento realizado em 2016 pelo Fórum Econômico Mundial de Davos, em parceria com a Ellen MacArthur Foundation e a consultoria McKinsey, apontou que em 2050 haverá mais plástico do que peixe nos oceanos. “O mundo clama por um consumo menor do plástico e um maior reaproveitamento de seu material, haja visto que é feito de resina sintética originada do petróleo, não sendo assim um material biodegradável e sua decomposição na natureza pode levar séculos”, explica Furtado.

O engenheiro e técnico ambiental aconselha as pessoas a evitarem o uso de copinhos, garrafas d’água, canudos e embalagens desnecessárias. “Se a redução não for possível, no dia a dia o plástico pode ser reaproveitado como objeto de decoração, frascos para armazenamento de objetos e alimentos, vasos de flores e brinquedos para crianças. Na impossibilidade da redução e do reúso, o correto descarte é fundamental para que o destino seja a reciclagem e não o meio ambiente.”

Energia que vem do aterro vira corretivo agrícola

Usar o que era considerado como resíduo em geração de energia ou em processos produtivos específicos. Esses são alguns projetos de uma multinacional francesa com atuação no Brasil e que é uma das pioneiras no País no que se refere à economia circular. A Veolia oferece soluções integradas de reaproveitamento de água, resíduos e energia para empresas e poder público. É ela, por exemplo, a responsável pela gestão da Central de Gerenciamento Ambiental de Iperó, o Aterro de Iperó, que desde 2010 recebe mais de mil toneladas de resíduos domiciliares e industriais não perigosos de 10 cidades da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS) e de mais de 200 indústrias.

Henrique Nicoletti. Foto: Divulgação

De acordo com o engenheiro Henrique Nicoletti, a decomposição dos resíduos gera dois subprodutos, o chorume e o biogás. “Esse biogás, que tem um porcentagem alta de metano e é altamente inflamável, pode ser reaproveitado na queima e geração de energia, então queremos implantar uma usina de biogás.” “E em fase de licenciamento futuro, estará a implantação de uma usina de geração de energia elétrica a partir do biogás. A geração será suficiente para manter toda a unidade e o que sobrar poderemos colocar na rede e fornecer aos bairros próximos, do entorno do aterro”, acrescenta.

O diretor de desenvolvimento da Veolia no Brasil, Alexandre Anaia, diz que a criação e concepção de processos que privilegiam a economia circular são fundamentais para reduzir a pressão sobre os recursos naturais.

De resíduo à corretivo agrícola

Anaia fala de um dos trabalhos desenvolvidos pela empresa. “Atendemos uma indústria de papel e celulose e, para produzir a celulose, ela gera quantidade grande de resíduos. Esse resíduo era colocado antigamente em aterros e aí a Veolia desenvolveu um processo: convertemos esse resíduo em corretivo agrícola, o que é usado nas plantações de eucalipto, usado para produzir papel”, exemplifica, sobre o conceito que coloca os recursos numa espécie de ciclo sem fim.

O diretor lembra, também, de um dos projetos mais recentes e significativos da empresa. Foi fechado um contrato de 30 anos para transformar os resíduos gerados pela população da Cidade do México em energia para alimentar o metrô local. A estimativa é que um terço dos resíduos domésticos do país sejam usados nesta nova planta de valorização energética.

Alexandre Anaia. Foto: Divulgação

Lixo eletrônico vira computador que é doado a projetos sociais

O Projeto Metarreciclagem existe há dez anos e é mantido pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda (Sedeter). A proposta existe em um prédio na Vila Barão (avenida 9 de Julho, 1.066) e recolhe lixo eletroeletrônico, entre computadores, celulares, impressoras, pilhas e outros itens, reaproveitando-os e enviando kits novos a entidades assistenciais da cidade — o que não é reutilizado segue para a Cooperativa Reviver para a reciclagem final. Até novembro de 2018, cerca de 40 toneladas de materiais foram recebidos, possibilitando a montagem de 47 kits (monitor, teclado, mouse e CPU) para 30 instituições sorocabanas.

Gilberto lidera o projeto que em 2018 transformou 40 toneladas de materiais. Foto: Erick Pinheiro

A iniciativa é capitaneada pelo coordenador Gilberto Vieira Ayres de Campos. Ele se orgulha de liderar projetos municipais em 32 de seus 37 anos como servidor público. No Metarreciclagem, além do reaproveitamento, são oferecidos cursos de informática básica e montagem/manutenção de máquinas. A carga horária é de 60h (cerca de três meses) e as próximas turmas vão começar em 2019. Outra possibilidade à comunidade é a de usar os computadores disponibilizados numa espécie de telecentro durante uma hora por dia, bem como tirar cópias gratuitas de documentos e currículos. Até 5 de novembro de 2018, foram atendidas cerca de 33.100 pessoas no local.

À parte à importância ambiental do projeto, Gilberto lembra de conquistas impagáveis relacionadas ao Metarreciclagem. “Das nossas primeiras turmas dos cursos, em 2009, 2010, nós temos alunos carentes, de alta vulnerabilidade social, que vinham aqui, estudavam, faziam os trabalhos e hoje dois estão fazendo medicina em uma universidade federal em Curitiba e vários muito bem em empresas de Sorocaba.”

O Metarreciclagem atende de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 16h30. Mais informações: (15) 3417-3825; Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo endereço metareciclagemdesorocaba.blogspot.com.

Fonte: Cruzeironet

Comentários

Corinthians e Santos empataram por 1 a 1 em amistoso disputado neste domingo (13), em Itaquera, no primeiro teste das equipes na temporada. Foi a oportunidade inicial dos técnicos Fábio Carille e Jorge Sampaolli observarem seus elencos para as competições de 2019.

Em campo, sob olhares de 33 mil torcedores, os dois treinadores adotaram estratégias diferentes. Carille optou por uma formação mais defensiva, com a marcação atrás do meio de campo. Deixava a bola com o adversário, como é de praxe em suas equipes. Sampaoli avisou em sua apresentação que colocaria o Santos para atacar. Ele até tentou, mas encontrou dificuldade para furar as linhas defensivas do adversário.

O Corinthians começou com uma equipe bastante modificada em relação à temporada passada. Os recém-contratados Richard, Ramiro, André Luis e Sornoza entraram como titular, além de Gustagol, que voltou de empréstimo. E foi do centroavante o gol que abriu o placar após cruzamento de André Luis. No intervalo, ele agradeceu a Rogério Ceni, que foi seu treinador na temporada passada no Fortaleza.

Fonte Cruzeironet

Após quase quatro décadas de fugas, Cesare Battisti chegou à Itália por volta das 11h40 (8h40, no horário de Brasília) desta segunda-feira (14). A aeronave, que partiu no início da noite de domingo (13) de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, pousou no Aeroporto de Ciampino, em Roma, onde era aguardada pelo ministros do Interior, Matteo Salvini, e da Justiça, Alfonso Bonafede.

O italiano deverá ser encaminhado por um grupo de agentes penitenciários para a prisão de Rebibbia, na zona urbana de Roma. De acordo com informações do jornal italiano Corriere della Serra, ele deverá ficar sozinho na cela, em uma área de segurança reservada para terroristas, e passará por seis meses de isolamento diurno.

Battisti estava foragido desde 14 de dezembro de 2018, quando o então presidente Michel Temer autorizou sua extradição para a Itália um dia depois do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, suspender uma liminar que garantia sua permanência no Brasil. No sábado (12), foi capturado por autoridades bolivianas. De cavanhaque e óculos escuros, o italiano foi abordado por policiais enquanto caminhava por uma rua de Santa Cruz de la Sierra.

 

Após a prisão, o governo brasileiro deslocou um avião da Polícia Federal à Bolívia para trazer Battisti ao Brasil e, em seguida, extraditá-lo para a Itália, conforme promessa de campanha do presidente Jair Bolsonaro. O governo italiano, no entanto, já havia decidido levar Battisti diretamente ao país.

Em uma nota conjunta divulgada no início da noite de domingo, os ministérios das Relações Exteriores e da Justiça brasileiros afirmaram que o importante era que o italiano respondesse por seus crimes.

“O governo brasileiro se congratula com as autoridades bolivianas e italianas e com a Interpol pelo desfecho da operação de prisão e retorno de Battisti à Itália. O importante é que Cesare Battisti responda pelos graves crimes que cometeu. O Brasil contribui assim para que se faça justiça”, afirmou a nota.

Em uma tentativa frustrada para tentar evitar a viagem de Battisti de volta para a Europa, os advogados do italiano protocolaram um habeas corpus no STF no domingo. No pedido, argumentaram que entregá-lo para a Itália seria um “ato complexo” e irreversível. Os defensores solicitaram que o habeas fosse analisado pelo ministro Marco Aurélio. O pedido, no entanto, foi julgado – e negado – pelo ministro Luis Roberto Barroso. (Igor Moraes – Estadão Conteúdo).

Muito tem se falado do aparecimento de escorpiões no município e a dúvida que o Centro de Controle de Zoonoses da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Tatuí mais tem recebido é se devido ao calor eles aparecem com maior frequência.

O visitador sanitário do Centro de Controle de Zoonoses, Samuel Gimenez, explica que isso é relativo. "O calor diminui a umidade dos seus esconderijos, o que provoca o deslocamento deles para procurar lugares mais adequados, ou seja, escuros e úmidos. Como no verão há a incidência de chuvas fortes, esses abrigos, muitas vezes, são alterados, fato esse que os obriga a procurar outros abrigos", explica.

Portanto, os técnicos do Centro de Controle de Zoonoses salientam algumas medidas preventivas para evitar acidentes com escorpiões nessa época: vede com tela de metal os ralos de saída de água pluvial, ou utilize ralos com tampas de abrir e fechar nos demais cômodos do imóvel, como lavanderia, banheiro etc; vede com borracha as entradas de portas, ou então utilize as "cobrinhas" de pano nas portas de acesso ao imóvel; coloque telas mosqueteiras nas janelas; mantenha os móveis afastados das paredes por cerca de 10 centímetros; não deixe toalhas e roupas em geral secando encostadas nas paredes e/ou tocando o chão; verifique os sapatos e tênis, virando-os com a abertura para baixo e sacudindo uma ou duas vezes, antes de calçá-los; não deixe lençóis e roupas de cama encostados no chão; e vede frestas nas paredes.

Tais ações são de extrema importância, pois de acordo com dados da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Tatuí, no ano de 2017 ocorreram 37 notificações de acidentes com escorpiões, no ano passado (2018) o número subiu para 53 notificações e nestes primeiros dias de 2019 são 4 notificações na VE. "Há também os atendimentos realizados diretamente no Centro de Controle de Zoonoses, que em 2018 foram 23, no ano que passou foram 47 e agora em 2019 já são 25, não ocorrendo nenhum caso de óbito', complementa Samuel.

O Departamento de Fiscalização da Prefeitura de Tatuí também esclarece que, desde o mês de dezembro, está fazendo um mutirão para notificação de terrenos sujos na cidade. "A legislação prevê um prazo de 15 dias após a notificação para que se faça a limpeza do terreno. Passado esse prazo, o fiscal faz uma nova vistoria. Continuando sujo, a multa é emitida e enviada ao proprietário. Se, mesmo assim, o proprietário não fizer a limpeza, a Prefeitura faz a limpeza, com cobrança de taxa", explica a diretora de Fiscalização, Débora Miranda Sinisgalli. Ela salienta que os munícipes devem notificar os casos de terrenos sujos pelo telefone (15) 3259-8463 ou na Ouvidoria Online da Prefeitura (www.tatui.sp.gov.br/serviços/ouvidoria).

Se o morador encontrar um escorpião em sua casa e quiser recolher o mesmo, Samuel aconselha o uso de luvas e um recipiente longo de "boca" grande, para encostá-lo no escorpião e fazer com que ele entre no recipiente, que deve conter álcool. Depois, é só levar o recipiente até o Centro de Controle de Zoonoses da Secretaria de Saúde, situado na Rua José Ortiz de Camargo, nº 594, Centro, para identificação e mapeamento sobre o aparecimento e localização dos tipos de escorpiões. Mais informações pelo telefone (15) 3305-8890.

Acidentes - O responsável pelo Centro de Controle de Zoonoses de Tatuí, José Rebouças, alerta que os escorpiões picam as pessoas apenas como ato de defesa. "Uma vez ele se sentindo ameaçado, como defesa ataca a pessoa utilizando a cauda, onde se localizam os telsons (ferrões)", diz.

Segundo ele, em caso de acidentes com escorpiões (picadas) algumas medidas devem ser observadas: não colocar nada sobre a picada (álcool, pomada etc), apenas lavar em água corrente com sabão neutro ou detergente; não "sugar" o local da picada; não fazer torniquete; não tomar nenhum medicamento sem a prescrição médica, apenas ingerir bastante água; dirigir-se  imediatamente ao Pronto Socorro e, se possível, levar o escorpião para análise do clínico quanto ao tratamento e, também, quanto a utilização, ou não, do soro antiescorpiônico ou soro antiaracnídico.

As picadas de escorpiões não são muito visíveis, provocam dor com intensidade moderada, causam inchaço no local, dormência, suor, vômitos, transpiração excessiva, tremores, salivação e, em casos graves, perda de consciência. As regiões do corpo mais atingidas pela picada dos escorpiões são os membros inferiores e superiores.

Fonte Prefeitura de Tatui

O Conservatório de Tatuí (SP) está com as inscrições abertas para vagas em mais de 60 cursos diferentes. São 400 vagas abertas em sete áreas. Dessas vagas, 29 são destinadas ao polo que fica em São José do Rio Pardo.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas através do site do Conservatório de Tatuí, até o dia 20 de janeiro.

 

Confira as áreas

 

 

  • Canto lírico para maiores de 18 anos;
  • Musica clássica;
  • Luteria;
  • Regência;

 

Também há vagas para áreas de música erutida, tais como:

 

  • Cordas;
  • Piano;
  • Permonance histórica;
  • Sopros;
  • Metais;
  • Percussão;
  • Coral.

 

Além disso, há vagas para MPB, jazz e choro. O curso de Artês Cênicas também está com as inscrições abertas, assim como a musicalização infantil, a partir de 4 anos, e educação musical.

FONTE : G1 ITAPETININGA

As unidades dos Postos de Atendimento ao Trabalhador (PATs) da região de Itapetininga (SP) divulgaram novas vagas de emprego em cinco cidades, nesta quarta-feira (9). São oportunidades em setores como indústria, comércio e saúde.

Os interessados devem se cadastrar por meio do site do programa Emprega São Paulo ou ir até uma unidade do PAT com os documentos pessoais como RG, CPF, Carteira de Trabalho e o número do PIS.

O PAT destaca que a existência das vagas depende do fluxo de acessos de empresas e usuários, e que elas podem sofrer alterações.

 

Confira as vagas

 

 

Tatuí

 

 

  • Auxiliar de cozinha (50 vagas);
  • Líder de limpeza (uma vaga);
  • Auxiliar de enfermagem (10 vagas);
  • Técnico de enfermagem (10 vagas);
  • Enfermeiro(a), para trabalhar em home care (10 vagas);
  • Terapeuta ocupacional (10 vagas);
  • Fonoaudiólogo, para trabalhar em home care (10 vagas);
  • Instalador de acessórios automotivos (uma vaga);
  • Professor de educação física (uma vaga);
  • Pizzaiolo (2 vagas);
  • Pintor (uma vaga);
  • Médico do trabalho (uma vaga).

 

O PAT fica na Rua Adauto Pereira, nº 352, na Vila Minghini.

 

Cerquilho

 

 

  • Auxiliar de produção (3 vagas);
  • Operador de Máquina (3 vagas);
  • Doméstica para residência (uma vaga);
  • Farmacêutico (uma vaga);
  • Caseiro (uma vaga);
  • Tratorista (uma vaga);
  • Doméstica (uma vaga).

 

A Cate fica na Estação do Trabalhador, antiga Estação Ferroviária, no Centro.

 

Piraju

 

 

  • Professora de Educação Física (2 vagas);
  • Padeiro (uma vaga);
  • Técnico de instalação de câmera e alarme (uma vaga);
  • Moto taxista (2 vagas);
  • Pizzaiolo (2 vagas);
  • Costureira (4 vagas);
  • Auxiliar de decorações de ambiente (uma vaga);
  • Chapeiro (uma vaga);
  • Operador de caixa bancário (uma vaga);
  • Segurança do trabalho (uma vaga);
  • Tosador (uma vaga);
  • Tratorista (uma vaga);
  • Serviços gerais (20 vagas);
  • Telemarketing (uma vaga);

 

O PAT fica na Rua Esteves Kristensen, nº 175, Jardim Jurumirim.

 

Avaré

 

 

  • Auxiliar de logística (uma vaga);
  • Auxiliar de mecânico (uma vaga);
  • Consultor de vendas (uma vaga);
  • Farmacêutico (uma vaga);
  • FaturistaFonoaudiólogo (uma vaga);
  • Mecânico de máquinas agrícolas (uma vaga);
  • Montador de estruturas metálicas (uma vaga);
  • Nutricionista (uma vaga);
  • Operador de carregadeira de laranja (uma vaga);
  • Operador de transbordo (uma vaga);
  • Retireiro (uma vaga);
  • Técnico em segurança do trabalho (uma vaga);
  • Vendedor pracista (3 vagas);

 

O PAT fica na Rua Bahia, 1.580, Centro (Antigo Prédio da Justiça Federal).

 

Itapetininga

 

 

  • Ajudante de infraestrutura (uma vaga);
  • Analista de departamento pessoal (uma vaga);
  • Analista de marketing (uma vaga);
  • Estágio - Analista de marketing (2 vagas);
  • Apontador de obras (5 vagas);
  • Armador (3 vagas);
  • Auxiliar de atendimento (uma vaga);
  • Auxiliar de cozinha (5 vagas);
  • Auxiliar de cozinha - Pessoa com deficiência / Para trabalhar em São Paulo (150 vagas);
  • Auxiliar de jardinagem (5 vagas);
  • Auxiliar de limpeza (uma vaga);
  • Auxiliar de manutenção (uma vaga);
  • Auxiliar de marceneiro (uma vaga);
  • Auxiliar de mecânico de autos (2 vagas);
  • Auxiliar de produção (5 vagas);
  • Auxiliar de produção (uma vaga);
  • Atendente de balcão - Pessoa com deficiência / Para trabalhar em São Paulo (150 vagas);
  • Atendente de balcão / Cozinha - Para trabalhar em São Paulo (50 vagas);
  • Atendente de lanchonete (uma vaga);
  • Balconista (2 vagas);
  • Balconista de loja (2 vagas);
  • Borracheiro (uma vaga);
  • Cabeleireiro (uma vaga);
  • Carpinteiro (2 vagas);
  • Caseiro (uma vaga);
  • Estágio - Comunicação/jornalismo (2 vagas);
  • Consultor (a) de vendas externas (2 vagas);
  • Consultor (a) de vendas externas - Para trabalhar em Pilar do Sul (uma vaga);
  • Consultor (a) de vendas externas -Para trabalhar em São Miguel Arcanjo (uma vaga);
  • Controlador de acesso (uma vaga);
  • Cozinheiro (2 vagas);
  • Eletricista (uma vaga);
  • Eletricista de autos (uma vaga);
  • Estágio - Engenharia de alimentos/Nutrição (uma vaga);
  • Esteticista (uma vaga);
  • Forneiro (uma vaga);
  • Funileiro (uma vaga);
  • Manicure (uma vaga);
  • Marceneiro (uma vaga);
  • Mecânico de automóveis leves (3 vagas);
  • Mecânico industrial (uma vaga);
  • Mecânico de bicicletas (uma vaga);
  • Mecânico de manutenção (2 vagas);
  • Mecânico de motocicleta (uma vaga);
  • Mecânico diesel (uma vaga);
  • Motorista de caminhão pipa (uma vaga);
  • Motorista Tritrem (uma vaga);
  • Nutricionista (uma vaga);
  • Operador de máquinas florestais (21 vagas);
  • Operador de pá carregadeira (2 vagas);
  • Operador de processos de produção (2 vagas);
  • Porteiro (2 vagas);
  • Professor de Inglês (uma vaga);
  • Programador de controle de produção (uma vaga);
  • Recepcionista (2 vagas);
  • Representante comercial (5 vagas);
  • Serviços gerais (2 vagas);
  • Serralheiro (uma vaga);
  • Soldador (uma vaga);
  • Supervisor de vendas (uma vaga);
  • Técnico em alimentos (uma vaga);
  • Técnico eletricista (uma vaga);
  • Técnico em nutrição (uma vaga);
  • Tosador (2 vagas);
  • Vendedor interno (5 vagas);
  • Vendedor porta a porta (23 vagas);
  • Vigilante (2 vagas).

 

O PAT fica na Rua Monsenhor Soares (Antiga Câmara), 251, Centro.

FONTE:G1 ITAPETININGA

A sonda espacial chinesa Chang'e 4 pousou, nesta quinta-feira (3), no lado oculto da Lua — a parte do satélite que não é visível da Terra. Segundo a Administração Nacional Espacial da China, é a primeira vez na história que este pouso é realizado. As informações são das agências de notícias EFE, Associated Press, e da Rede Global de Televisão da China (CGTN, em inglês).

A nave, que tem um módulo e um 'rover' — veículo de exploração espacial — deve estudar a composição mineral, o terreno, relevo e a manta da superfície lunar, a camada abaixo da superfície. Também deve realizar observações astronômicas por meio de baixas frequências de rádio, a chamada radioastronomia.

"O lado oculto da Lua é um raro lugar calmo, que está livre da interferência de sinais de rádio vindos da Terra", afirmou o porta-voz da missão, Yu Gobin, segundo a agência de notícias estatal Xinhua News. "Essa sonda pode preencher o vazio de observação de baixa frequência na radioastronomia, e irá fornecer informações importantes para estudar a origem das estrelas e da evolução da nébula [solar]".

A alunagem [aterrissagem na superfície lunar], realizada às 0h26 (horário de Brasília), "abriu um novo capítulo na exploração humana da Lua", afirmou a agência espacial chinesa. O local exato do pouso foi a cratera Von Karman, no polo sul lunar, que tem 24 mil quilômetros de largura e 13 quilômetros de profundidade. Segundo a AP, cientistas chineses acreditam que pousar nessa cratera possibilitaria coletar novas informações sobre a manta da Lua.

O lado oculto da Lua é relativamente pouco explorado e tem uma composição diferente daquela do lado "próximo", que pode ser visto da Terra, e onde outras naves já pousaram. Países como a antiga União Soviética, os Estados Unidos e até mesmo a própria China já haviam realizado missões desse tipo.

De acordo com a Nasa, a agência espacial americana, essa parte do satélite foi observada pela primeira vez em 1959, quando a nave soviética Luna 3 enviou as primeiras imagens. Em 1962, os Estados Unidos tentaram enviar uma missão não tripulada ao lado oculto da Lua, que não deu certo, segundo a EFE.

Fonte G1

 

O São Paulo anunciou nesta quinta-feira a contratação de Willian Farias, ex-Vitória, rebaixado para a Série B do Brasileirão. O volante de 29 anos revelado no Coritiba e com passagem pelo Cruzeiro atuou em 29 partidas da última temporada pelo time baiano.

Willian Farias se junta a Hudson, Jucilei, Liziero e Luan como volantes do elenco. Hernanes também atua no meio de campo, mas deverá ter função mais ofensiva no time de André Jardine.

Antes de Willian Farias, o São Paulo havia contratado seis reforços: Hernanes, Tiago Volpi, Pablo, Léo Pelé, Igor Vinicius e Biro Biro.

Fonte GE

Paula Fernandes virou o ano amando. A cantora viajou com o namorado, Gustavo Lyra, para Fernando de Noronha, para celebrar os três meses de romance. Nessa quinta-feira (3), a estrela mostrou clique apaixonado abraçada por Gustavo na frente da paisagem paradisíaca da ilha. "Pés no alto! Vamos voar em 2019!", postou. Em sua quarta vez pelo arquipélago, Paula falou com QUEM sobre o romance.

"É a minha quarta vez em Noronha. É o melhor Réveillon do Brasil. No ano passado, estava solteira. Por incrível que pareça, o Gustavo estava aqui no ano passado, ele ama surfar, mas a gente não se encontrou. E depois fomos apresentador por um amigo em comum. Então pensamos em comemorar a nossa união em Noronha, os nosso três meses juntos. Está muito legal. Mas estar em Noronha é maravilhoso, independente de estar namorando ou não. Primeiro a gente tem que se amar para poder estar preparado para amar alguém", disse ela.

O ano de 2018 foi de maior maturidade para Paula, que acredita que seu relacionamento seja um reflexo disso. "Estou vivendo um momento muito especial da vida, de maturidade. Profissionalmente as coisas também estão caminhando para o jeito que tem que ser. Foi um ano de aprendizado", conta ela, que foi gravar o projeto, que será lançado no ano que vem, em Los Angeles.

Planos de se casar? Paula sonha com isso e quer do jeito tradicional. "De um tempo para cá comecei a ter vontade de me casar na igreja e tal. Não tinha antes, mas tudo faz parte do amadurecimento. Quero ser uma noiva linda, mas ainda é muito recente o nosso namoro."

Fonte: Quem

Empregos em Tatuí

Janeiro 03, 2019

As unidades dos Postos de Atendimento ao Trabalhador (PATs) da região de Itapetininga (SP) divulgaram nesta quarta-feira (2) novas vagas de emprego.

Os interessados devem se cadastrar por meio do site do programa Emprega São Paulo ou ir até uma unidade do PAT, com os documentos pessoais como RG, CPF, Carteira de Trabalho e o número do PIS.

O PAT destaca que a existência das vagas depende do fluxo de acessos de empresas e usuários, e que elas podem sofrer alterações.

 

Itapetininga

 

 

  • Analista de RH (uma vaga);
  • Analista de RH junior (uma vaga);
  • Estágio - Analista de marketing (2 vagas);
  • Apontador de obras (5 vagas);
  • Auxiliar administrativo (uma vaga);
  • Auxiliar de cozinha (uma vaga);
  • Auxiliar de cozinha - Pessoa com deficiência / Para trabalhar em São Paulo (150 vagas);
  • Auxiliar de jardinagem (5 vagas);
  • Auxiliar de mecânico de autos (uma vaga);
  • Auxiliar de produção (uma vaga);
  • Auxiliar de serviços gerais - Pessoa com deficiência (uma vaga);
  • 150 Atendente de balcão - Pessoa com deficiência / Para trabalhar em São Paulo (150 vagas);
  • 50 Atendente de balcão / Cozinha - Para trabalhar em São Paulo (50 vagas);
  • Balconista (uma vaga);
  • Estágio - Comunicação/jornalismo (2 vagas);
  • Controlador de acesso (6 vagas);
  • Cuidador em saúde (uma vaga);
  • Eletricista (duas vagas);
  • Eletricista industrial (10 vagas);
  • Embalador (uma vaga);
  • Funileiro (uma vaga);
  • Lavador de caminhão (uma vaga);
  • Marceneiro (2 vagas);
  • Mecânico industrial (10 vagas);
  • Mecânico de manutenção (2 vagas);
  • Mecânico de motocicleta (uma vaga);
  • Mecânico diesel (uma vaga);
  • Motorista de caminhão pipa (uma vaga);
  • Motorista entregador (uma vaga);
  • Motorista Tritrem (uma vaga);
  • Nutricionista (uma vaga);
  • Operador de maquina florestal (21 vagas);
  • Operador de processo de produção (2 vagas);
  • Pedreiro (uma vaga);
  • Porteiro (2 vagas);
  • Professor de Inglês (uma vaga);
  • Programador de controle de produção (uma vaga);
  • Recepcionista (2 vagas);
  • Representante comercial (5 vagas);
  • Serviços gerais (2 vagas);
  • Técnico eletricista (uma vaga);
  • Técnico em nutrição (uma vaga);
  • Técnico em segurança do trabalho (uma vaga);
  • Vendedor interno (3 vagas);
  • Vendedor porta a porta (28 vagas). 

O PAT fica na Rua Monsenhor Soares (Antiga Câmara), número 251, área central da cidade.

 

Tatuí

 

  • Auxiliar de linha de produção - Pessoa com deficiência (uma vaga);
  • Instalador de acessórios automotivos (uma vaga);
  • Professor de educação física (uma vaga);
  • Pizzaiolo (2 vagas);
  • Pintor (uma vaga);
  • Médico do trabalho (uma vaga);
  • Soldador (uma vaga);
  • Mecânico de motores a diesel (uma vaga).

 

O PAT fica na Rua Adauto Pereira, número 352, na Vila Minghini.

Fonte : G1 itapetininga

 

 

 

 

 
Página 1 de 6

Notícias Recentes

Receita: Tender de Natal

Receita: Tender de Natal

Mar 03, 2017 Rate: 0.00

RECEITA DE FRANGO AO MOLHO SHOYU

RECEITA DE FRANGO AO MOLHO SHOYU

Fev 22, 2017 Rate: 0.00

CURTA NOSSA PÁGINA

Imagens Notícias

Exemplos da região mostram que o futuro da economia é circular

Corinthians e Santos empatam no primeiro teste da temporada

Avião com Cesare Battisti chega à Itália

PREFEITURA ORIENTA SOBRE ESCORPIÕES E MUTIRÕES DE COMBATE ESTÃO SENDO REALIZADOS

Conservatório de Tatuí abre 400 vagas para mais de 60 cursos

Novas oportunidades de emprego são divulgadas nos PATs da região de Itapetininga

Sonda chinesa pousa no lado oculto da Lua pela primeira vez na história

São Paulo anuncia contratação de Willian Farias, ex-Vitória

Paula Fernandes passa o ano novo....