O cadeado verde do Google Chrome está com os dias contados

O Chrome vai mudar a forma como lida com sites HTTPS, que utilizam uma nova versão criptografada do já antigo HTTP. Desde fevereiro, o navegador alerta usuários exibe um aviso de “Seguro”

O Chrome vai mudar a forma como lida com sites HTTPS, que utilizam uma nova versão criptografada do já antigo HTTP. Desde fevereiro, o navegador alerta usuários exibe um aviso de “Seguro” quando seus usuários acessam sites que usam esse novo protocolo, e “Não-seguro” quando a tecnologia não está em uso. Isso será diferente a partir de julho.

 

Em julho deste ano, o Chrome começará a marcar todos os sites que utilizam o HTTP convencional como “Não-seguro” em cinza. No entanto, se a página tiver alguma caixa para inserção de dados (como um campo para você digitar seu nome ou número de cartão de crédito, por exemplo), o aviso na barra de endereços estará em vermelho, para indicar que não há proteção aos dados transmitidos por esta página.

 

Em setembro começa uma nova etapa da transição. Como a tendência é que cada vez mais sites abracem o HTTPS, torna-se redundante dar tanto destaque ao aviso de “Seguro” às páginas que utilizam a tecnologia. Assim, o Chrome apenas passará a exibir um cadeado cinza em vez de verde, e ocasionalmente sequer exibirá o cadeado, sem o aviso de “Seguro”.

 

Rate this item
(0 votes)
Última modificação em Domingo, 20 Maio 2018 07:36

Deixe um comentário em nosso mural

Certifique-se de inserir todas as informações necessárias, indicadas por um asterisco (*). Código HTML não é permitido.

Notícias Recentes

CURTA NOSSA PÁGINA

Imagens Notícias

A MOEDA MAIS FORTE DO MUNDO

AOS 4 CANTOS DO BRASIL

A RIQUEZA DO BRASIL

NOVO BRASIL

BRASIL ACIMA DE TUDO, DEUS ACIMA DE TODOS

BRASIL ACIMA DE TUDO, DEUS ACIMA DE TODOS

Casa Aberta promove aula com chef Jefferson Rueda

LSB é derrotada para o líder Paulistano no Campeonato Paulista

Cidade de Roraima registra conflitos entre venezuelanos e brasileiros